universo

sexta-feira, 8 de novembro de 2013


Com apenas água e mamão, anoréxica chega aos 27 kg e passa por tratamento em SP



À beira da morte, uma ex-gerente de restaurantes de Bauru, interior de São Paulo, luta para se recuperar de uma anorexia nervosa. Com 27 kg, ela buscou ajuda de uma médica da família e acabou sendo levada ao hospital da região para passar por tratamento. Internada, ela recebe vitaminas e minerais por meio de sonda para aumentar seu peso. Este ainda é o primeiro passo de um longo tratamento para quem sofre deste transtorno alimentar


De acordo com a mulher, que preferiu não se identificar, a vontade de perder peso e ser magra começou ainda adolescente. Segundo ela, os amigos tiveram sarro por ela ser um pouco mais “gordinha”.
— Me via gorda. Mas enfrentei a doença antes que fosse tarde. 
Depois de anos, mesmo com os ossos aparentes, a jovem conta que não aceitava o corpo que tinha. 

— Até chegar a não comer nada, comia bolacha de água e sal e leite para dormir. E vomitava. Depois, eu comia bem pouquinho
     A mãe da paulistana conta que teve que vir do Rio de Janeiro para cuidar da filha. Segundo ela, há anos a ex-gerente come muito pouco.

— Ela comia mamão e tomava água. Depois, nem água mais ela tomava. Segundo ela, a filha preferia ficar em pé nos locais para não se sentar e mostrar a barriga. — Duro ver sua filha em cima de uma cama e não poder fazer nada.
       Para o psiquiatra Fabrício Gimenes, pessoa que tem anorexia, na maior parte dos casos, não se conforma com a massa corpórea que possui.

— A busca dessa realização que faz com que a pessoa anule a vontade de comer

 fonte:http://noticias.r7.com/saude/fotos/com-apenas-agua-e-mamao-anorexica-chega-aos-27-kg-e-passa-por-tratamento-em-sp-11102013#!/foto/2